Escolhendo bases para uso profissional


Oi meu amores, tudo bem ? O tema de hoje são as bases para uso profissional. Vou falar um pouco sobre como escolher uma base , sobre as bases que uso, e comparar um pouco as bases da Mary Kay que sempre usei desde de o inicio da minha carreira, com as bases Studio Fix da MAC que adquirir e estou usando a algumas semanas.


A base é um dos itens mais importantes da maquiagem, uma base de qualidade vai te garantir uma pele bonita com boa durabilidade, e uma pele bonita é 90% da maquiagem.
Como profissionais nos devemos observar algumas características importantes antes de escolher uma base para usar em clientes. Eu listeis algumas características que acho fundamental observar de acordo com a necessidade do publico que você vai atender, vamos conferir?

Tipos de base, acabamento:

 Cada base tem um acabamento na pele, as bases Mattes, deixam a pele com o aspecto de mais segurinha e são recomendadas para peles mais oleosas e mistas, elas garantem maior durabilidade nesse tipo de pele, pois retém a oleosidade e deixa a pele sequinha por mais tempo.
As bases mais acetinadas, semi-matte, ou fluidas são recomendadas para peles mais secas e normais. Uma pele mais seca com uma base muito matte pode acabar craquelando. No caso das peles mais maduras que costumam ser mais secas e já tem linhas de expressões podem ficar muito marcadas com bases matte, principalmente quando for uma base com cobertura de media a alta. Então para esse tipo de pele uma base de cobertura leve e mais fluida, deixe um viço mais natural,  e um ar mais saudável na pele.

Cobertura  e textura:

Temos a base de cobertura leve, que como falei anteriormente é  recomendada para peles secas e maduras , e também para uso no dia-a-dia. Encontramos esse tipo de base principalmente em BB criam e bases fluidas.

 As bases de cobertura média são mais comuns, com textura liquida, podem ser usadas no dia-a-dia e a noite, em quase todos os tipos de pele que não tenham grandes manchas para camuflar. Porem se você quiser usar uma base de média cobertura em uma pele com manchas pode usar um corretivo nas arias manchadas antes de aplicar a base, ou construir duas camadas de base. A maioria das bases profissionais oferece o recurso de construção de camadas.

As bases de cobertura alta, tem uma grande capacidade de cobrir manchas, e a maioria até despensa o  usos de corretivos de camuflagem , porem seu uso só é recomendado em peles mais jovens e durante a noite. Para o dia-a-dia pode deixar uma aparência muito carregada, mas podem ser diluídas com um diluídos de maquiagem para ter uma acabamento mais leve. Normalmente as bases de alta cobertura são mais densas e cremosas.

Variedade de cores  e subtons :

 Eu prefiro sempre trabalhar com uma única marca de cada tipo de base, então ter uma grande variedade de tons nessa marca é muito importante. Mas além dos tons, temos que observar também qual o subtom de cada base.
Os  subtons mais comuns são o amarelado e rosado, porem a maioria das brasileiros, tem o subtom amarelado, e se você usar uma base com subtom rosado em uma pele amarelada a base pode ficar acinzentada na pele.
Só é possível perceber o sub-tom  das bases observando, mas sabemos que o subtom rosado é mais comum em bases para peles mais claras, e o amarelado mais comum nos tons médios e escuros, com poucas exceções.

Durabilidade e resistência :

 É importante que a base profissional tenha uma longa durabilidade na pele, a maquiagem tem que durar e além da preparação pré-maquiagem a qualidade dos produtos usados na pele é muito importante.
 Sempre que compro uma base nova eu testo em minha pele primeiro, faço um preparação básica com uma limpeza, tonificação e hidratação e aplico a base para vê como ela reagi ao longo do dia. Bases que tem um fator de transferência baixo ou zero, e são mais resistente a água acabam durando mais. Na duvida assista a algumas resenhas de boas youtubers, elas fazem vários testes de resistência, e transferência que nos da uma ideia da qualidade da base nesse quesitos e em vários outros. Mas faça seus próprios testes quando comprar.   

Como escolher as cores ?

Se você está começando  do zero, tenha em mente qual o tom de pele da maioria das pessoas da sua região, se são mais branquinhas ou mais morenas, e busque tonalidades que vão do tom claro, para o médio e o escuro. 
Eu recomendo que você tenha pelo menos os dois extremos, ou seja o tom mais claro da marca e o mais escuro, e também um tom médio e  outro intermediário. Com esses 4 tons você conseguira fazer diversas misturas para alcançar o tom de pele de suas clientes.e com o tempo você vai sentir melhor como é o seu publico e vai poder investir em mais tons claros, escuros ou médios.

Como vimos nos tópicos anteriores, cada base atende uma necessidade e apresentam varias características, resumindo você precisa observar a textura, a cobertura, o acabamento, o tom, o subtom, e a durabilidade de uma base, e usa-la de acordo com a necessidade da pele de cada cliente. Isso quer dizer que com o tempo você vai ter que investir em mais de um tipo de base , ou observar os tipos mais usados de acordo com o perfil de suas clientes.

No vídeo  complementar desse post, mostro para vocês as bases que mais uso e falo um pouco sobre como mudei das bases da Mary kay para as bases da MAC, e como escolhi os tons. Aperta o play e vem comigo:

              


 Como vocês viram no vídeo, eu uso muito bases de acabamento matte, de média e alta cobertura, com subtom amarelado como as da Mary Kay, quem disse Berenisse, Pausa para Feminisses e MAC, mas também tenho bases de cobertura mais leve e acabamento mais acetinado para peles mais maduras como a base da Revlon.

As bases Timewise da Mary Kay atenderam bem as necessidades das minhas clientes na maioria das vezes. Ela e uma base de média cobertura, com bastantes tons de fundo amarelado, acabamento bem matte e ótima durabilidade em peles oleosas, apesar de bem sequinha se adapta bem em peles normais e secas desde quem hidrate bem antes. Seu ponto negativo em minha opinião, fica por conta da oxidação que é bem alta, e o fato de estourar diante de um  luz muito forte ou  de flashes, principalmente de celulares. Isso acontece devido sua composição que tem alta concentração de sílica, que é um dos componentes que garantem o efeito matte de bases com esse tipo de acabamento.


A base alta cobertura Quem disse Berenice tem características bem similares a base da Mary Kay. Acebamento matte , longa durabilidade, cobertura de média a alta por ser um pouco mais concentrada que a da Mary kay, tem cores com subtom mais amarelado, que se adapta bem as peles da maioria das pessoas. Seus pontos negativos são que além de estourar no flash por ser extremamente matte,  é mais difícil de espalhar na pele e craquela com mais facilidade, em peles normais e secas, nem pense em usar nesses tipos de pele.

A base da Colorstay  da Revilom é uma base matte porem com uma textura mais leve e não tão seca, eu diria que ela é semi-matte. Sua cobertura é de leve a média, adere muito bem na pele e tem uma longa durabilidade, e resistência, eu costumo usa-la em peles maduras, pois se adapta super bem. Seu ponto negativo é que a maioria dos tons tem fundo mais rosado.

As bases Studio Fix Fluid da MAC é uma base matte porem não tão seca quanto a da Mary kay, ela é levemente mais hidratante, tem uma textura liquida porem um pouco mais densa, de cobertura média, com FPS 15 .Tem alta durabilidade e fixação , tem uma grande variedade de tons e subtom facilmente adaptáveis em súbitos amarelados. Como toda base com acabamento Matte a base da MAC também tem silica e acaba estourando um pouco no flash, mas não tanto quanto as outras, outro ponto negativo e que para tons rosados as cores são limitadas e mais difíceis de adaptas, mas para mim, pelo perfil das minhas clientes isso não tem sido um problema.

A base Pausa para Feminises da coleção da Bruna Tavares para Tracta, é uma base bem baratinha mais com uma qualidade incrível, ela tem cores ótimas como uma boa variedade para peles claras e escuras, subtons amarelados, altíssima cobertura, acabamento semi-matte, e excelente fixação e durabilidade na pele,me apaixonei por ela vendo a resenha da Joyce Kitamura, ( assista aqui ).


Por falar em base boa e barata, outra\ base que eu amo e que da para usar profissionalmente tranquilamente se você esta começando e não pode investir muito, é a base HD da Vult. Ela tem tanta qualidade quanto a base da Mary Kay e custa a metade do preço.

Como disse no vídeo para comprar as bases da MAC eu  vi vídeos que comparavam  ela com a base da Mary kay para decidir que tons comprar, selecionei os 5 tons que mais usava da Mary Kay e observei nos vídeos quais bases da MAC se aproximavam mais desses tons. Segue listinhas dos tons similares e link dos videos que me ajudaram:

Beige 4 = NC 15
Beige 2 = NC 20
Beige 5 = NC 30
Beige 6 = NC35
Bronze 1 = NC45
Bronze 5= NC50


Vídeo da Amanda Pastore: https://www.youtube.com/watch?v=nM1ta01zDmY
Vídeo da Alice Salazar :https://www.youtube.com/watch?v=dqtlNGiY02c&t=562s

Então é isso amores, espero que esse poste tenha ajudado vocês, qualquer duvida deixe nos comentários que eu respondo. Um beijo e até o próximo post... 


Nenhum comentário:

Postar um comentário